Las mujeres como sujetos políticos durante la Independencia de la Nueva Granada


Fonte

Scientific Eletronic Library online (SciELO)

Título

Las mujeres como sujetos políticos durante la Independencia de la Nueva Granada

Autor

GALVIS, Ana Serrano.

Descrição

O presente artigo examina a interação política das mulheres com o seu ambiente e sua construção como sujeitos políticos com toda a sua complexidade, além da aberta oposição ou engajamento para uma fação, durante o período de Independência da Nova Granada, especialmente em santafé entre 1810 e 1820. Em primeiro lugar, aborda a relação deveres e direitos recíprocos que elas sustiveram com o governo como mulheres, o que implicou papeis diferenciados de gênero que elas acataram ou não, ajudando para manter a ordem estabelecida ou desafiando. Em segundo lugar, trata do relacionamento de deveres e direitos recíprocos com o governo, não apenas como mulheres, mas como vassalas, cidadãs, ou simplesmente a partir do conceito genérico de governadas, o que permite superar a resistência dos atores da época para lhes reconhecer status político. Por fim, analisa sua construção como partidárias e detratoras políticas.

Editor

Mem. Soc., v. 20, n. 40, p. 101-119

Data

2016

Tipo

artigo de revista

Idioma

es

Arquivos

8a223186c36c5c493378644fa46bd0c2.gif

Referência

GALVIS, Ana Serrano. , “Las mujeres como sujetos políticos durante la Independencia de la Nueva Granada,” Curadoria Enap, acesso em 14 de novembro de 2019, https://exposicao.enap.gov.br/items/show/79.

Formatos de Saída