Os Impactos e os limites da implantação do pregão como nova modalidade de licitação: uma abordagem a partir da experiência do governo mineiro


Título

Os Impactos e os limites da implantação do pregão como nova modalidade de licitação: uma abordagem a partir da experiência do governo mineiro

Autor

Carneiro, Ricardo;
Pereira, Adailton

Descrição

Este artigo busca examinar o significado objetivo da instituição do pregão como nova
modalidade de licitação na sistemática de contratação da aquisição de bens e serviços pela
administração pública brasileira. Proposta na esfera da União, em 2000, a inovação licitatória
vem se disseminando entre as administrações subnacionais, como a de Minas Gerais, onde foi
formalmente implantada no ano de 2002. O trabalho discute a concepção operacional do
pregão e seu enquadramento legal para, na sequência, analisar os resultados obtidos pelo
governo mineiro com sua aplicação no período de 2002-2003. Dentre as conclusões extraídas
da análise empreendida, destaca-se a constatação de que os ganhos ou vantagens
potencializados pelo pregão, como a agilização processual, o aumento da transparência e a
redução de custos de suprimento, não são suficientes, em si mesmos, para promover
mudanças de maior envergadura na forma de processamento das compras governamentais
anteriormente vigente.

Editor

29º Encontro da ANPAD – EnANPAD

Data

2005

Tipo

Artigo

Idioma

pt_BR

Arquivos

ricarfdp.PNG

Referência

Carneiro, Ricardo; e Pereira, Adailton, “Os Impactos e os limites da implantação do pregão como nova modalidade de licitação: uma abordagem a partir da experiência do governo mineiro,” Curadoria Enap, acesso em 28 de setembro de 2021, https://exposicao.enap.gov.br/items/show/739.

Formatos de Saída



Geolocalização